TOCANDO EM FRENTE

( Publicação de 12 de novembro de 2012- migrada do blogspot)

Nunca fui uma pessoa ligada à música. O silêncio muitas vezes me consome. Não o silêncio total, mas o que permite que possamos escutar o vento ou a chuva fina que ganha corpo e logo pode ser ouvida castigando a estrada. Gosto do som da vida.

 

Porém vez por outra, me entrego a uma musica a tal ponto que posso ouvi-la seguidas vezes. Não qualquer musica, quando escuto um som, me entrego ao que me arrebata.

 

Não me torno especialista. Quase nunca sei tudo sobre a composição e a história do interprete para poder depois conversar na mesa de bar com os amigos. Só sei, humildemente, o que me diz a letra.

 

Escuto com detalhes como quem lê um livro de poesia. E seja algo alegre ou triste. Aquela musica parece fazer todo sentido. Então, essas músicas ganham um espaço de memória, fazem parte da minha trilha sonora.

 

Meu desconhecimento é tanto que só recentemente descobri, com certa graça, que o cantor de duas canções dessa minha trilha, é a mesma pessoa.

 

Como sabem, não sou lá uma especialista. Então pedi ao namorado, ele sim, autor de blog de tantas letras e músicas, que me fizesse à graça, de escrever sobre elas. Esperei um bom bocado, e a minha trilha não encontrou seu espaço.

 

Então, eu mesma me desafio agora a escrita dessa arrumação. Logo eu que escrevo quase sempre sobre politica e mal sei tocar num violão. Farei por mim e farei como sei, sem muita técnica e com aquilo que vai no coração. Assim, sei falar de música, e quem ler me perdoe, mas eu vou nessa prosa, tocando em frente, assim como o nome da canção…Quem quiser que se aprochegue.

 

Quem sabe, assim ele não se empolga, ou a menos se comove com a minha desaptidão, e me faz a gentileza de rabiscar algumas linhas em um desafio de blogueiros?

 

Estou falando, sobre Renato Texeira e duas de suas canções, uma presente em minha infância “Amanheceu eu peguei a viola” , a outra na minha mocidade “Tocando em frente”.

A primeira, tantas vezes me acordou bem cedo, durante a abertura do programa global Som Brasil, a outra, é a música do meu relacionamento.

O programa da Rede Globo de televisão, Som Brasil, começava cedinho aos domingos, e acordar cedo aos domingos não é coisa de criança. Mas eu acordava às vezes, e atravessava o longo corredor até a sala do apartamento de meus avós localizado na Rua Souza Lima, em Copacabana, para me aconchegar no colo de vovô, homem matutino, que de hábitos sempre muito simples, já muito cheiroso, me recebia em companhia.

Tocando em frente, entrou em minha vida, na época, em que me entregava ao movimento estudantil. Época em que muito orgulhosa, envolvia-me na atividade da militância, participando pela primeira vez de um congresso da União Nacional dos Estudantes (UNE). Foi com um clip no telão em homenagem aos que se rebelaram contra a ditadura, que eu troquei meus primeiros beijos com o meu companheiro de vida. A música, não tem nada de romântica, mas o que se espera de um casal comunista?

São até hoje nove longos anos de relacionamento. A música, já foi ouvida por nós algumas vezes, depois vieram outras e também veio o silêncio. Mas, ouvi-la ainda me leva até aquele congresso e ao sentimento juvenil de mudar o mundo. Enfim, a música ainda está na minha memória.

Renato Texeira

Renato Texeira faz músicas caipiras, nasceu em Santos, viveu em Ubatuba e no interior de São Paulo. Desde pequeno gostava de música.

Nos anos sessenta foi morar na capital paulista, por indicação de Luiz Consorte. Sua musica chegou aos ouvidos do promotor de novos artistas Walter Silva que abriu portas e logo, Renato Texeira, participou do Festival da Record de 67, com a música Dadá Maria, interpretada por Gal Costa.

Criou grandes sucessos, como Romaria e fez parceira com Sério Reis, Almir Sater e Elis Regina.

Saiba mais:

http://www.renatoteixeira.com.br/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s